quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

Bem-vindo a Marly-Gomont (Bienvenue a Marly-Gomont)

País: França
Ano: 2016
Gênero: Comédia dramática
Duração: 96 min
Direção: Julien Rambaldi
Elenco: Mark Zinga, Aïssa Maïga, Bayron Lebli, Médina Diarra, Rufus, Jonathan Lambert, Jean-Benoît Ugeux, Stéphane Bissot, Nissim Renard e Maxime Rennaux.

Sinopse: Seyolo Zantoko (Mark Zinga) é um médico do Congo que quer fugir da ditadura e é contratado pelo prefeito de uma pequena aldeia no norte da França.
Em 1975, Seyolo Zantoko, médico recém-graduado de Kinshasa (Congo), aproveita a oportunidade e vai trabalhar em uma pequena aldeia francesa. Ao chegarem em Marly-Gomont, Seyolo e sua família ficam desiludidos. As pessoas têm medo, pois nunca viram negros em suas vidas. Mas Seyolo é determinado a vencer suas apostas e vai se esforçar para ganhar a confiança dos moradores. 

Crítica: a história narrada pelo filho de Seyolo Zantoko e Anne é retratada de forma leve e cômica, apesar de a vida deles não ter sido nada fácil.
O ano era 1975 e foram os primeiros negros a viver na cidade provinciana de Marly-Gomont. Recém-formado em Medicina, seu sonho era exercer a profissão na França e, ao receber a proposta do prefeito da pequena cidade, ele aceitou prontamente.
Tendo negado um trabalho de médico particular do ditador do Congo, ele mandou buscar a esposa e os filhos.
No entanto, nenhum paciente vai até a sua clínica, seus filhos são discriminados na escola e ninguém fala com sua esposa na rua.
Quase falido, ele consegue um emprego de ajudante de um fazendeiro – o seu único amigo em Gomont. O prefeito não tem pulso firme para ajudá-lo com os habitantes. O fazendeiro é que o ajuda a se introduzir entre os homens, frequentnado o mesmo bar que eles.
Mas nada disso muda sua vida como médico. As pessoas continuam relutando. Tudo muda quando ele faz o parto de uma senhora, cura outra menina (com erupções na pele) e quando descobre-se o talento da filha dele para o futebol. Tornam-se populares, de fato.
Antes disso, quase foi mandado de volta para seu país, devido a um morador e candidato a prefeito. Este perde a eleição e Seyolo fica para sempre na cidade. Morre em um acidente de carro (ao sair para atender a um paciente). Seu corpo está enterrado no cemitério de Gomont.
Baseado em fatos reais, o longa conta a história de um homem determinado a vencer e a fazer o bem, e ainda de forma humorada. Bom para assistir com a família. 

Avaliação: ***

0 comentários:

Bilheterias Brasil - TOP 10

Seguidores

  © Blogger templates Newspaper III by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP